PUBLICIDADE

Qual é o futuro do BRT? Resposta sai em 10 dias, diz governo Temer

Qual é o futuro do BRT, projeto com financiamento de R$ 800 milhões para o transporte rápido de ônibus? A resposta à pergunta vai ser dada em 10 dias, de acordo com informação do Ministério das Cidades repassada a O VALE.

Esse foi o prazo que o governo federal estipulou para enviar ao governo do prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB), as respostas às solicitações feitas pela administração, que quer alterar quatro pontos do projeto, elaborado na gestão de Carlinhos Almeida (PT).

"A expectativa é de que nos próximos 10 dias o Ministério emita seu posicionamento, que será encaminhado para a Caixa Econômica Federal, Agente Operador do FGTS e Agente Financeiro da operação de crédito assinada com a Prefeitura, que comunicará a Prefeitura do posicionamento para que as medidas cabíveis sejam adotadas", comunicou ontem o Ministério das Cidades a O VALE.

VERBA

Se as modificações solicitadas não forem aceitas, o tucano ameaça abandonar o BRT e devolver a verba. "Se todas as respostas forem negativas, o risco da gente deixar esse recurso de lado é grande. A expectativa é que pelo menos, parcialmente, a gente tenha resposta positiva", disse ele. O pedido para as mudanças foi protocolado em setembro do ano passado. Na ocasião, a prefeitura fez quatro questionamentos ao Ministério.

 

Fonte: O Vale 

PUBLICIDADE