PUBLICIDADE

Curitiba (PR)

Curitiba possui a Rede Integrada de Transporte Coletivo (RIT), que tem como principal benefício fazer com que o usuário utilize mais de uma linha de ônibus, pagando só uma tarifa. Os passageiros podem fazer a integração a partir dos terminais de integração, onde o cidadão desembarca em uma linha e embarca em outra sem efetuar um novo pagamento. Hoje, atende, aproximadamente, mais de um milhão e setecentos mil passageiros diariamente.

Atualmente, 13 munícipios têm acesso a RIT. O sistema é composto por uma via central que é exclusiva para a utilização da linha expressa. Possui também as vias estruturais, paralelas a linha central, a uma distância de apenas uma quadra que fazem ligações centro-bairro e bairro-centro, onde também circulam veículos privados.

Com 21 terminais de integração, a rede de transporte curitibana liga várias linhas, permitindo a utilização de linhas alimentadoras mais curtas para atender os bairros, assim, contribui para a ampliação do número de viagens, pois há uma diminuição do tempo de percurso.

Saiba um pouco mais dos corredores de BRT de Curitiba


Pedro Ribas/SMCS


BOQUEIRÃO

O expresso começou suas atividades em 1992 e tem 18 quilômetros de extensão.
 

NORTE-SUL

No dia 31 de agosto de 1995, 21 anos após a inauguração do primeiro passo para a revolução no transporte coletivo, o eixo Norte-Sul entrou em operação com 66 veículos biarticulados. Da mesma forma que o corredor Boqueirão, o eixo Norte-Sul conta com embarque em nível através de 34 estações ao longo de 20 km.

No início, o sistema já transportava em média 250 mil passageiros por dia. A viagem de 20 km passou há durar 55 minutos, com uma velocidade média de 33 km/h, 13 km a mais que a linha Boqueirão, até então.

Junto com a linha Santa Cândida / Capão Raso, a linha Pinheirinho / Rui Barbosa também ganhou veículos biarticulados completando com grande sucesso o eixo Norte/Sul, que corresponde na ligação dos bairros Santa Cândida e Pinheirinho.

 
CIRCULAR SUL

Em março de 1999, foi inaugurada a linha Circular Sul, servida por 20 ônibus articulados e 76 estações-tubo. A linha é capaz de transportar 100 mil pessoas por dia ao longo de 26 quilômetros, nos bairros da zona sul, a região da cidade que mais cresce.

A linha Circular Sul passa por 7 terminais que permitem a integração tarifária com o resto da cidade — Boqueirão, Carmo, Hauer, Portão, Capão Raso, Pinheirinho e Sítio Cercado. Os usuários ainda contam com vantagens como a integração com 90 linhas que passam pelo terminais, pagamento antecipado da passagem e embarque no nível do ônibus.

 
LESTE-OESTE

Inaugurado em julho de 2000, o eixo Leste-Oeste, o único dos cinco grandes corredores de transporte coletivo da cidade que ainda não operava como um metrô de superfície passou a utilizar ônibus biarticulados em canaletas exclusivas e pré-embarque por estação tubo.

Iniciou com 53 ônibus biarticulados, com embarque dos usuários por 72 estações-tubo ao longo da canaleta de 23 quilômetros que liga o Campo Comprido ao bairro Centenário e ao município de Pinhais. O novo sistema amplia em mil lugares por hora a capacidade de transporte do corredor Leste-Oeste. Além disso, o corredor retirou do centro da cidade 40 ônibus metropolitanos que faziam cerca de 400 viagens ao dia.

O eixo alcança uma área onde vivem 450 mil moradores de 12 bairros, além da população de Pinhais, Piraquara e Campo Largo. Só em Curitiba usam a rota do Leste-Oeste 120 mil passageiros dia e na Região Metropolitana mais 70 mil.

 
LINHA VERDE

Dando continuidade ao processo de desenvolvimento da cidade de Curitiba, em maio de 2009 foi inaugurada a primeira linha de Ônibus do eixo Linha Verde. Utilizando 11 veículos articulados de 20 metros de comprimento, a linha oferece reforço a Pinheirinho/Rui Barbosa e integração com a nova Avenida de Curitiba, originando e adaptando linhas ao seu redor. Seu itinerário, do ponto de partida ao ponto-final leva 25 minutos, 10 minutos a menos que a linha do eixo Norte-Sul.


EXPANSÃO DO BRT

Iniciadas em 2007, as obras de implantação da Linha Verde têm previsão de término para 2016 e foram divididas em dois trechos: Sul e Norte. O primeiro, entregue em 2009, liga o bairro do Pinheirinho ao Jardim Botânico e foi construído em dois lotes pelos consórcios Rendram/Delta e Camargo Correa/Empo. Já a linha Norte vai do Jardim Botânico ao Atuba, somando 10 km de extensão, e foi dividida em quatro lotes. Numa terceira etapa, a Linha Verde Sul será ampliada até o município vizinho de Fazenda Rio Grande.

Cesar Brustolin/SMCS


QUEM CUIDA DESSE SISTEMA BRT?

Urbanização de Curitiba (Urbs)
Telefone: (41) 3074-6300
Site: www.urbs.curitiba.pr.gov.br

PUBLICIDADE

Sub-categorias